Outra politica de drogas é possível?

chamada_drogas

Outra politica de drogas é possível?

Compartilhar:

Confira nossa animação que conta um pouco da atuação do mandato Renato Cinco 50555 em relação à política de drogas.

Renato Cinco é reconhecido por sua luta contra a “guerra às drogas”, que produz o genocídio da juventude negra e pobre. Por isso, participa da organização da Marcha da Maconha e do Movimento pela Legalização da Maconha.

Como vereador, seu primeiro ato foi apresentar o requerimento da CPI das Internações Compulsórias. A CPI não foi instalada por pressão contrária do prefeito e de sua base. Um ano e meio depois, ficou claro que essa CPI investigaria os contratos, suspeitos de fraudes, do Executivo Municipal com as Comunidades Terapêuticas.

A trajetória de Cinco no parlamento foi orientada pela certeza de que a política municipal que deve ser adotada para o usuário de drogas é o cuidado. Nesse sentido, defende ações de Redução de Danos e mais investimentos na Rede de Atenção Psicossocial e nos serviços públicos garantidores de direitos humanos. São necessários 32 CAPS AD e existem apenas 8.

Com a Copa e as Olimpíadas, a cidade viveu uma verdadeira limpeza urbana. Os mais pobres foram empurrados para áreas distantes da região turística. O recolhimento compulsório continua sendo utilizado em favor dessa lógica. Isso não pode continuar!

Basta de guerra aos pobres! Por outra política de drogas na cidade do Rio!

Pelo socialismo e pela liberdade, vote 50.555!

Compartilhar:
Sem comentários

Postar um comentário

Inscreva-se para receber nosso boletim: