Obrigado, Suzete!

Compartilhar:

Militante feminista, Suzete Watt teve uma longa e linda história, que guardaremos em nossas memórias. Suzete foi filiada ao PT, mas em 2005 saiu do Partido dos Trabalhadores e ajudou a fundar o PSOL. Já no novo partido, militou no setorial de mulheres. Não pensava duas vezes na hora de recriminar frases e atitudes machistas dos próprios companheiros, sem perder o bom humor. Uma verdadeira guerreira, que colocava a mão na massa e fazia acontecer.

Na última terça-feira (24), seu corpo foi encontrado no apartamento onde morava ao lado do marido Leonardo, de 58 anos, e da filha Bárbara, de 27. Todos apresentavam uma facada no peito. As primeiras informações dão conta de que Leonardo teria assassinado a família e se matado em seguida, por desespero devido a dívidas financeiras.

Suzete, sentiremos saudade do seu sorriso, da sua alegria e da sua firmeza na hora de brigar pelos direitos das mulheres.  Muito obrigado por lutar por um mundo mais justo e igualitário!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *