Livro conta detalhes das remoções na gestão Eduardo Paes

Compartilhar:

A marcação “SMH” na parede externa das casas condenadas a serem removidas virou um símbolo da política urbana do prefeito Eduardo Paes. Os mais de 65 mil despejos são objetos de estudo do livro “SMH 2016: remoções no Rio de Janeiro Olímpico”, de Lena Azevedo e Lucas Faulhaber, que será lançado no Espaço Plínio (Rua Joaquim Silva, 130, Lapa), no dia 16 de setembro (quarta-feira), às 18h30.

No lançamento, contaremos com a presença dos autores Lucas Faulhaber (arquiteto-urbanista) e Lena Azevedo (jornalista), bem como do geógrafo Jorge Borges; de Jorge Santos, último morador a ter sua casa derrubada na Vila Recreio II; e do vereador Renato Cinco.

Recentemente, o Prefeito Eduardo Paes foi questionado em uma entrevista com base nos dados apresentados no livro “SMH 2016: remoções no Rio de Janeiro Olímpico” e reagiu afirmando que os autores eram “malucos”, que a pesquisa realizada era “um conjunto de asneiras”, um “panfleto da oposição”. Mas não foi capaz de contestar nenhum dado, nem apontar um exemplo de “asneira”.

Se você quer conhecer o livro que tirou o Eduardo Paes do sério, e bater um papo com os autores, pesquisadores, e atingidos pelas remoções, venha participar desta atividade.

Evento no facebook.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *