Debate público: o (não) legado ambiental olímpico

Compartilhar:

12800248_985191304893939_2968433237135929142_n

Na próxima terça-feira (22), “Dia Mundial da Água”, o mandato do vereador Renato Cinco promoverá um debate público sobre a ausência do prometido legado ambiental dos Jogos Olímpicos de 2016. A atividade acontecerá, às 18h, no plenário da Câmara Municipal, na Cinelândia.

Foram convidados para o debate: Douglas Moura (atleta de canoagem oceânica e membro do Movimento Baía Viva); Carlos Vainer (Professor Titular do IPPUR/UFRJ); Alessandro Zelesco (Movimento S.O.S Estádio de Remo); Jean Carlos Novaes (Movimento Golfe Para Quem?); Mayara Jaeger (Movimento Baía Viva e Comitê Popular da Copa e Olimpíadas); Alexandre Anderson (pescador, Associação Homens e Mulheres do Mar); e Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Faltando poucos meses para o início dos jogos, já ficou claro que o prometido legado ambiental de despoluição da Baía de Guanabara e das Lagoas de Jacarepaguá não será realizado. No debate também vamos abordar a construção do Campo de Golfe Olímpico em área de preservação ambiental, a falta de saneamento básico e outros assuntos correlatos.

Para entrar no local é preciso portar documento de identidade e não é permitido short ou bermuda.

Confirme presença no facebook

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *