Parlamento italiano vai debater a legalização da maconha

Compartilhar:

44A Itália entrou na roda de debates sobre a legalização da maconha. Em agosto, o parlamento italiano vai começar a discutir um Projeto de Lei que tira a cannabis da ilegalidade. Vale lembrar que o país já permite o uso da maconha para fins medicinais.

A proposta em questão mantém a proibição da venda entre os indivíduos, mas autoriza o cultivo de até cinco plantas de cannabis em casa e o direito de portar até 15 gramas. Continuará sendo proibido fumar maconha em locais públicos ou no trabalho. Além disso, o Projeto prevê a possibilidade de o Estado cultivar e vender a erva.

Continuar lendo Parlamento italiano vai debater a legalização da maconha

Compartilhar:

TCM acolhe denúncia sobre as Pedaladas Fiscais de Paes

Compartilhar:

22O Tribunal de Contas do Município (TCM) acolheu, por unanimidade, a denúncia formulada pelo nosso mandato, que apontou 11 contratos nos quais teriam ocorrido a realização de despesas e pagamentos sem o prévio empenho (previsão orçamentária) exigido por lei.

Coincidência – ou não -, entre as empresas beneficiadas com esse “bônus” oferecido pela prefeitura estão as grandes financiadoras das campanhas eleitorais do prefeito Eduardo Paes e do seu partido (PMDB). É o caso das construtoras Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez e Carvalho Hosken.

Continuar lendo TCM acolhe denúncia sobre as Pedaladas Fiscais de Paes

Compartilhar:

Por outra política de drogas: basta de guerra aos pobres!

Compartilhar:

11No domingo (31), acontecerá a primeira edição do bate papo virtual “Na roda com o Cinco”. A convidada do primeiro programa será a professora Luciana Boiteux (UFRJ), que vai debater o tema “Por outra política de drogas: basta de guerra aos pobres!”.

A atividade será transmitida pelo Facebook e pelo canal do Youtube do vereador Renato Cinco. Semanalmente, serão discutidos outros temas. “Na Roda com o Cinco” é mais um canal de comunicação direta do mandato.

Continuar lendo Por outra política de drogas: basta de guerra aos pobres!

Compartilhar:

Governo quer privatizar o uso da água

Compartilhar:

No final do ano passado, durante o “Seminário Internacional da Comissão Especial sobre o Colapso Hídrico”, o vereador Renato Cinco (PSOL) denunciou a intenção do governo estadual de privatizar o uso da água. Na ocasião, palestrantes do mundo inteiro alertaram para os problemas da privatização dos recursos hídricos.

No evento, o pesquisador da “Corporate Europe Observatory”, Martin Pigeon, além de palestrar sobre a importância da “remunicipalização” da água, entrevistou Renato Cinco.

Continuar lendo Governo quer privatizar o uso da água

Compartilhar:

Servidores municipais mobilizados

Compartilhar:

A terça-feira (12) foi mais um dia de luta para os servidores do município do Rio. Nessa data, houve uma paralisação da categoria. Na parte da tarde, os profissionais da educação, que estavam em assembleia durante a manhã, reuniram-se aos demais servidores municipais, que se manisfestavam na porta da prefeitura por direitos e denunciando o caos no serviço público municipal.

Embora o município venha fazendo um grande esforço para não assumir a crise financeira, por conta das Olimpíadas, é fato que vivemos uma precarização enorme nos serviços públicos. Até agora a prefeitura não deu, por exemplo, o aumento anual do funcionalismo.

Continuar lendo Servidores municipais mobilizados

Compartilhar:

Baía de Guanabara, descaso e resistência

Compartilhar:

A palavra “Guanabara” vem do Tupi e significa “mar do seio”. Foi o nome dado pelos índios à bela baía que banha o Rio e outras cidades fluminenses, em referência ao seu formato arredondado e à fartura de peixes da área.

Cartão postal do Rio de Janeiro e palco de todas as regatas dos Jogos Olímpicos de 2016, a Baía de Guanabara sofre com o descaso das autoridades e a degradação ambiental. Das 8,5 milhões de pessoas que moram em suas margens, 1,6 milhões não possuem rede de esgoto formal e acabam poluindo a região. Para piorar, 14 mil indústrias despejam diretamente seus efluentes nos rios e canais que desembocam na baía.

Continuar lendo Baía de Guanabara, descaso e resistência

Compartilhar:

Modulações de sentidos na experiência psicodélica

Compartilhar:

No dia 15 de julho, às 19h, o mandato do vereador Renato Cinco receberá no Espaço Plínio (Rua Joaquim Silva, 130, Lapa) o músico e doutor em Psicologia Sandro Rodrigues, para o lançamento do livro “Modulações de sentidos na experiência psicodélica: saúde mental e gestão autônoma de psicotrópicos prescritos e proscritos”. Continuar lendo Modulações de sentidos na experiência psicodélica

Compartilhar:

Ecossocialismo no Espaço Plínio

Compartilhar:

O mandato do vereador Renato Cinco vai promover um “Curso Básico de Ecossocialismo”, com objetivo de aprofundar a discussão sobre o movimento ambiental e a luta pela justiça socioambiental .

A atividade vai ocorrer durante o mês de julho, com início sempre às 18h30, no Espaço Plínio (Rua Joaquim Silva, 130, Lapa). Não é necessário fazer inscrição prévia. Confira abaixo a programação da atividade:  Continuar lendo Ecossocialismo no Espaço Plínio

Compartilhar:

Ativistas antiproibicionistas realizam encontro em Recife

Compartilhar:

No último final de semana, a cidade de Recife recebeu o primeiro “Encontro Nacional de Coletivos e Ativistas Antiproibicionistas”. A atividade, que foi articulada desde 2015, reuniu militantes de todos os cantos do país, que debateram os desafios da luta antiproibicionista.

Como deliberação da plenária final, foi encaminhada a produção de uma síntese dos grupos de discussão temáticos e a produção de um Projeto de Lei antiproibicionista, que deverá passar por um processo de construção popular. Continuar lendo Ativistas antiproibicionistas realizam encontro em Recife

Compartilhar:

Contra a cultura do estupro

Compartilhar:

A cada 11 minutos, uma mulher é estuprada no Brasil. Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública dão conta de que, todos os anos, cerca de 50 mil pessoas são estupradas. Pior: este número está longe de refletir a realidade, por causa da subnotificação.

As estatísticas da violência contra a mulher, seja ela física ou psicológica, são alarmantes. Diante disto, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara do Rio promoveu, na última quinta-feira (30), a audiência pública “A cultura do estupro e a violência contra a mulher”. A mesa – composta majoritariamente por mulheres – tinha como objetivo discutir e propor medidas concretas no combate ao machismo. Continuar lendo Contra a cultura do estupro

Compartilhar: