Prefeitura ataca a Vila Autódromo mais uma vez

Compartilhar:

A caixa de maldades da prefeitura do Rio contra os moradores da Vila Autódromo foi aberta mais uma vez. Desta vez, no Dia Internacional das Mulheres (08), os tratores do prefeito Eduardo Paes demoliram a casa da Maria da Penha, uma das lideranças da resistência na comunidade.

No dia que perdeu a casa, Maria da Penha se preparava para receber a medalha de Mulher Cidadã na ALERJ. Depois de várias semanas em alerta, na manhã desta terça-feira, a tropa de choque enviada pela Prefeitura, de forma covarde, promoveu mais essa ação ilegal na Vila Autódromo.
Continuar lendo Prefeitura ataca a Vila Autódromo mais uma vez

Compartilhar:

Pela vida das mulheres: legalizar o aborto!

Compartilhar:

2A próxima terça-feira é 8 de março, dia internacional de luta das mulheres. Assim como nas grandes manifestações do final do ano passado, mais uma vez as mulheres do Rio ocuparão as ruas da cidade.

Sob o lema “É pela vida das mulheres, legalizar o aborto já! Não podemos pagar pela crise!”, além de marcar a data tradicional no calendário de luta feminista, o protesto terá como objetivo chamar a atenção para os efeitos das diversas crises em curso no país – econômica, da saúde, da educação… –  na vida das mulheres; e para o debate cada vez mais urgente sobre a legalização e descriminalização do aborto.

Continuar lendo Pela vida das mulheres: legalizar o aborto!

Compartilhar:

Bolsonaro tenta votar “escola sem partido”

Compartilhar:

3Na semana de grande mobilização de estudantes e profissionais de educação, o vereador Carlos Bolsonaro colocou na pauta de votações da Câmara Municipal o Projeto de Lei  “escola sem partido”. Na quarta-feira (02), após discursos de vários vereadores criticando a proposta, Bolsonaro recuou e retirou o PL da pauta. O sinal de alerta continua, pois a votação pode ocorrer nas próximas semanas.

Em discurso no plenário, o vereador Renato Cinco comentou sobre a manifestação realizada no Centro do Rio contra o sucateamento dos serviços públicos promovido pelo governo Pezão (PMDB).

Continuar lendo Bolsonaro tenta votar “escola sem partido”

Compartilhar:

Cobertura completa do Seminário Internacional sobre Colapso Hídrico

Compartilhar:

6Está disponível no nosso canal no Youtube a cobertura completa do Seminário Internacional sobre Colapso Hídrico, realizado em dezembro de 2015. O objetivo do seminário foi debater criticamente temas relacionados à água no contexto do que vem sendo denominado colapso hídrico no Rio de Janeiro.

Busca-se abordar a crise em suas diferentes escalas, além de aprofundar a discussão sobre temas relevantes para a Comissão, como: as formas de prestação dos serviços (público ou privado); o acesso à informação sobre recursos hídricos e saneamento; formas de participação popular, controle social e planejamento; e a água como direito humano.

Continuar lendo Cobertura completa do Seminário Internacional sobre Colapso Hídrico

Compartilhar:

Prefeitura ataca comunidade da Vila Autódromo com novas remoções

Compartilhar:

A manhã da última quarta-feira (24) começou com mais um covarde ataque da prefeitura do Rio contra a dignidade dos moradores da Vila Autódromo. Com a comunidade cercada por dezenas de agentes da Guarda Municipal, os comandados de Eduardo Paes conseguiram demolir os imóveis da Associação de Moradores e da mãe de santo Heloísa Helena Berto. Outras duas casas ainda podem ter o mesmo destino.

Uma dessas moradias é de Maria da Penha, uma das vítimas das agressões da guarda municipal, em 3 de junho de 2015. Nesta quarta-feira ela teve a residência invadida por um Guarda Municipal a paisana, que fez fotos e vídeos do interior do domicílio. Moradores e apoiadores foram atrás do sujeito e denunciaram a ação ilegal para uma viatura da PM que estava no local. A ocorrência foi registrada na 42ª delegacia de policia.

Continuar lendo Prefeitura ataca comunidade da Vila Autódromo com novas remoções

Compartilhar:

A guerras às drogas mata pobre todo dia!

Compartilhar:

Nessa semana o Complexo da Maré perdeu mais um jovem. Igor Silva, 19 anos, foi morto durante uma operação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), na manhã de segunda-feira (22).

A polícia, mais uma vez, na tentativa de justificar o injustificável, se apressou em afirmar que Igor foi morto durante uma troca de tiros e que encontraram junto com ele coletes a prova de bala, um rádio e uma pistola.

Moradores da comunidade expressaram nas redes sociais sua indignação, afirmando que o jovem trabalhava em uma farmácia da região e não tinha ligação com o tráfico de drogas. Mais tarde, a delegacia de Bonsucesso – que registrou a ocorrência – confirmou que Igor não tinha nenhuma passagem pela polícia.

Continuar lendo A guerras às drogas mata pobre todo dia!

Compartilhar:

Folia e repressão

Compartilhar:

A repressão aos camelôs por parte da guarda municipal não é novidade no Rio. Mas, no carnaval desse ano, o cenário mudou um pouco. A perseguição foi direcionada aos vendedores ambulantes não credenciados e que vendiam cervejas que não fossem a “Antártica” – patrocinadora oficial do carnaval de rua carioca, após um acordo pouco transparente com a prefeitura da cidade.

Além da perseguição aos camelôs, a inovação ficou por conta dos ataques aos blocos não autorizados pela prefeitura. A repressão começou ainda em janeiro, com a interrupção da abertura não oficial do carnaval – que acontece já há alguns anos -, e teve seu ápice na intervenção violenta que interrompeu o desfile do “TechnoBloco”, na Praça Mauá.
Continuar lendo Folia e repressão

Compartilhar:

Zika vírus e o debate sobre o aborto

Compartilhar:

O ano já começou com uma questão de grande proporção a ser resolvida. Além das crises econômica e política instaladas no país, a epidemia do Zika vírus é outro tema que tem tido destaque diário nos noticiários. O aumento significativo das notificações da doença, que veio acompanhado de um crescimento de casos de microcefalia, tem deixado a população em alerta.

Em contrapartida, as iniciativas implementadas pelas autoridades competentes para o enfrentamento da doença têm como estratégia principal o combate ao mosquito transmissor – o Aedes Aegypti, também vetor de doenças como a dengue.
Continuar lendo Zika vírus e o debate sobre o aborto

Compartilhar:

#pareTKCSA! Licença de operação da siderúrgica vence em abril

Compartilhar:

A campanha #pareTKCSA, que fiscaliza e denuncia os impactos da operação da Companhia Siderúrgica do Atlântico, em Santa Cruz, ganha um novo impulso neste início de ano. Em abril vence o prazo do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que garante o funcionamento da TKCSA.

A siderúrgica, conhecida por elevar em 76% as emissões de CO2 na cidade do Rio de Janeiro e por causar o fenômeno da “chuva de prata” em seu entorno, já foi embargada pelo Ministério do Trabalho e multada por órgãos ambientais.
Continuar lendo #pareTKCSA! Licença de operação da siderúrgica vence em abril

Compartilhar:

Um homofóbico como secretário de direitos humanos?

Compartilhar:

A decisão do governador Pezão de nomear o pastor Ezequiel Teixeira para o cargo de Secretário Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos foi um duro ataque aos direitos da população LGBT. Felizmente a pressão contra essa escolha foi forte e Ezequiel foi exonerado na noite da última quinta-feira (17). O novo secretário é o ex-deputado estadual Paulo Melo (PMDB).

Na curta gestão de Teixeira o programa “Rio Sem Homofobia”, que é vinculado a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, sofreu com com 78 demissões desde janeiro. Neste mesmo período, os quatro centros de cidadania LGBT do estado e o “Disque Cidadania LGBT” foram desativados por falta de recursos. Em entrevista para o jornal “O Globo”, o então secretário afirmou acreditar na “cura gay” e ser contra a união homoafetiva.
Continuar lendo Um homofóbico como secretário de direitos humanos?

Compartilhar: