Mande email para seus contatos!

Compartilhar:

Uma forma mais pessoal para convencer seus familiares e amigos a votarem para reeleger Renato Cinco 50555 é enviando um email (ou mensagem de whatsapp, ou telefonando) para todos seus contatos. Leva menos de dois minutinhos.

Temos uma sugestão de texto que você pode editar conforme preferir antes de enviar para seus amigos:

topo_email

“Olá,

Faltam poucos dias para as eleições. Por isso peço licença para pedir voto ao meu candidato: Renato Cinco 50555 – PSOL.

Cinco é sociólogo e conhecido ativista pela legalização das drogas e pela denúncia da “guerra aos pobres”.

Renato Cinco é sociólogo e participou dos principais movimentos populares dos últimos 25 anos. Estudou no Colégio Pedro II e na UFRJ, se destacando na luta pela educação pública. Militante ecossocialista e libertário de longa data, Cinco defende a legalização da maconha e o fim da “guerra aos pobres”. Sempre se posicionou contra as privatizações, em defesa da democracia, dos direitos humanos e trabalhistas e contra todas as opressões. Agora, frente à crise econômica e a um governo golpista e neoliberal, não se cansa de repetir: FORA TEMER! Eleições gerais Já!

Renato Cinco foi eleito vereador em 2012. Combater a desigualdade e defender os pobres e oprimidos foi sua prioridade. Por isso, aprovou leis em defesa dos camelôs da Lapa e da Feira Cícero Guedes de pequenos produtores rurais. Aprovou também a lei 5858/2013, que institui a campanha de combate ao machismo nas escolas, buscando através da educação mudar uma realidade tão revoltante.

Cinco combateu a guerra aos pobres fantasiada de guerra às drogas. Denunciou a violência estatal em bairros populares e a arbitrariedade das internações compulsórias. Ao mesmo tempo, propôs uma política municipal de redução de danos.

Membro da Comissão de Direitos Humanos, defendeu o direito de manifestação e apoiou as lutas contra as remoções forçadas. Presidiu a Comissão sobre o Colapso Hídrico e apresentou projeto que obriga a divulgação da qualidade da água no município. Defendeu que o acesso à água é um direito humano fundamental e que seu abastecimento não pode ser privatizado.

Cinco apresentou, entre outros, projetos ampliando a licença paternidade para 30 dias, criando o passe livre para desempregados e estudantes de pré-vestibulares comunitários e o aviso prévio para mudanças nas linhas de ônibus. Votou sempre a favor dos trabalhadores e apoiou suas lutas. Em uma Câmara de Vereadores dominada pelo conservadorismo, foi uma necessária voz de oposição!

Para continuar o bom combate, dentro e fora do parlamento, dando nossa contribuição para a transformação social, Renato Cinco precisa do nosso voto e mobilização. Eleger Marcelo Freixo e Luciana Boiteux para a prefeitura do Rio e reeleger Renato Cinco vereador é essencial para construirmos a cidade que queremos!

Por isso, neste domingo, dia 02/10, vote 50555 para vereador e 50 para prefeito. (Seguem colinhas para levar na hora da urna! 🙂 )

Conheça mais sobre Renato Cinco e ações do mandato em seu site – www.renatocinco50555.com

Acesse aqui a linha do tempo com algumas das ações do mandato nesses quatro anos. Clique nos pontos da linha do tempo para saber cada ação. 

Vamos juntos?

Abraços!

colinha-outracidade

 

colinha_novo_foratemer_cabeca colinha_minicraque_basta-de-guerra colinha-minicraque_drogas 2colinha-minicraque_outracidade

 

Compartilhar:

Ouça e compartilhe nosso jingle!

Compartilhar:

Já ouviu nosso jingle? Tá lindo!!

Ouça aqui:

 

Você também pode baixar o mp3 aqui  (Assim que abrir o link, se estiver acessando do celular, toque na tela em cima do player (em cima do botão play) por 3 segundos e selecione “salvar vídeo” ou “salvar mídia”.  Se estiver em um computador, clique com o botão direito em “salvar como”)

A composição é de Mc Leonardo, que também compôs o jingle de Marcelo Freixo 50 (ouça aqui)

Use como ringtone no celular, envie para amigo(a)s, ouça quando e onde quiser (vamos espalhar pra geral os acordes da luta por outra cidade possível!).

Letra:

Cinco ôô,
Eu voto no Renato Cinco
50 555
Esse é o meu vereador

Cinco ôô,
Eu voto no Renato Cinco
50 555
Mais uma vez vereador

Cinco, socialista que luta pela liberdade
Por uma educação de qualidade
Contra o extermínio da proibição (pela legalização!)

Eu voto Cinco,
Porque no parlamento, ele encara de frente!
Na luta diária tá sempre presente,
Não perca seu voto nessa eleição!
(eu faço o que, irmão?)

REFRÃO
______________________________________

Intérpretes – MCs Junior e Leonardo
Composição – Mc Leonardo
Produção – Hiroche Mizutani e Mc Leonardo

Ganjazz:
Bateria: Pedro Brum
Guitarra: Nando Rocha
Baixo: Felipe Escovedo
Bongo: Rubens Pavuna
Teclados – Hiroche Mizutani

Compartilhar:

Adesive-se!

Compartilhar:

adesivese>> Use adesivos na roupa todos os dias.

>> Coloque plásticos no carro – no vidro traseiro e/ou nos vidros laterais.

>> Adesive sua bicicleta, mochila , caderno… Mas ATENÇÃO, NÃO COLE ADESIVO NA RUA NEM EM ESPAÇOS PÚBLICOS, pois isso pode acarretar em multa para nossa campanha!

>> Pendure um cartaz na sua casa.

Todos esses materiais estão disponíveis em nosso comitê (Rua da Lapa, 107). Qualquer dúvida, entre em contato pelo telefones: 21 2292-7193 ou 21 99770-0555

Compartilhar:

Siga e Compartilhe nossas redes!

Compartilhar:

siganossasredes>> Curta nossa página (aqui) , Depois de curtir, deixe o mouse em cima do botão “curtiu” e selecione a opção para no seu feed de notícias “ver primeiro” e clique em “ativado” para todas as notificações.

>> Curta e comente as postagens da página e, sempre que possível, compartilhe os posts marcando os amigos, fazendo um comentário. 

>> Siga nosso twitter (aqui) e  instagram (aqui) nos retuite 

Compartilhar:

Faça sua doação

Compartilhar:

facadoacoPERÍODO DE DOAÇÃO ENCERRADO

O período de doação encerrou no dia 28/09. Agradecemos a todos que contribuíram para tornar possível essa campanha. Sem a participação de todos não estaríamos aqui.

 

PERÍODO DE DOAÇÃO ENCERRADO!

Qualquer dúvida, entre em contato pelo telefone: (21) 2292-7193 ou  99770-0555 (também é whatsapp e telegram). A sua contribuição é fundamental!

 

 

Compartilhar:

Uma noite histórica: Freixo debate na Cinelândia

Compartilhar:

Uma noite histórica na Cinelândia!

Mais de cinco mil pessoas lotaram a praça da Cinelândia na última quinta-feira (25) para assistir Marcelo Freixo, que acabou ficando de fora do primeiro debate de tv (na bandeirantes) entre os prefeitáveis do Rio de Janeiro. Além da praça pública lotada, mais de 300 mil pessoas assistiram às diversas transmissões feitas pela internet das respostas que o candidato do PSOL fazia a cada pergunta realizada no debate da band. Freixo respondeu sobre segurança pública, educação e outros temas sem fugir de tabus e a cada resposta era ovacionado pela multidão efusiva na cinelândia.

Assista abaixo como foi:

ENTENDA O CASO:

O Supremo Tribunal Federal decidiu, por 5 (cinco) votos a 3 (três), que os candidatos bem colocados nas pesquisas eleitorais poderão estar presentes nos debates nas TVs, desde que sejam convidados pelas emissoras.

Apesar de Marcelo Freixo estar como segundo colocado na disputa para a prefeitura do Rio, a mini reforma política, promovida por Eduardo Cunha (PMDB), impedia os partidos com menos de dez deputados federais de participarem destes programas.

A situação poderia ser revertida se dois terços dos candidatos com presença garantida concordassem com a participação de Marcelo Freixo. Entretanto, Pedro Paulo (PMDB), Flávio Bolsonaro (PP) e Índio da Costa (PSC) vetaram a sua presença. Como a decisão do STF aconteceu após o debate promovido pela TV Bandeirantes, no último dia 25, Marcelo ficou de fora deste primeiro embate.

Como se vê acima, o tiro saiu pela culatra, pois Freixo promoveu um debate em praça pública, transmitido ao vivo pela internet, que reuniu mais de cinco mil pessoas na Cinelândia. O vídeo exibido teve mais de 300 mil visualizações e ainda rendeu repercussão nos noticiários do dia seguinte.

O próximo debate televisivo será promovido pela Rede TV, na sexta-feira (02), a partir das 22h15.

 

Compartilhar:

Radicalização da democracia

Compartilhar:

O Brasil está vivendo uma crise de múltiplas facetas, com uma importante dimensão política. Desde 2013, com as maiores manifestações já vistas no país, está claro que a insatisfação popular com os reduzidos canais de participação nas decisões públicas vem crescendo.

Por compreender isso, nosso mandato tem se esforçado para ser um espaço aberto às demandas populares. Nesse sentido, realizamos audiências e debates públicos na Câmara Municipal e criamos o Espaço Plínio, promovendo cineclubes e atividades de formação política. Além disso, fizemos periodicamente um gabinete de rua, prestando contas das ações do mandato em diversos pontos da cidade.

Democratização dos meios de comunicação

A concentração da mídia é uma das grandes barreiras à democratização do país. Nosso mandato apoia os veículos de comunicação popular e alternativa, que são contrapontos à  mídia tradicional. Assim, adotamos iniciativas como a proposição do Projeto de Lei 1468/2015, que cria o “Dia Municipal da Comunicação Popular”, e a realização de uma homenagem ao jornal “Brasil de Fato”.

Defendemos a existência de uma comunicação pública e apoiamos as lutas dos trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Também apostamos na construção de canais próprios de comunicação do mandato, tanto virtuais quanto impressos.

Assista ao nosso programa abaixo:

 

Compartilhar:

Direitos trabalhistas e sociais

Compartilhar:

O pacote de maldades que o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB) apresentou é enorme. Com o pretexto de realizar o ajuste fiscal, querem impor uma nova reforma da previdência, aumentando a idade mínima de aposentadoria para 65 anos, independente do tempo de contribuição.

Outra ameaça é a mudança na legislação trabalhista, permitindo a existência de contratos de trabalho que não respeitem as regras da CLT. A proposta de Temer prevê a possibilidade de negociação das férias e até do 13º salário.

Servidores municipais em luta

Infelizmente, não são apenas os trabalhadores da iniciativa privada que estão sofrendo com a deterioração das condições de trabalho. A atual gestão da prefeitura do Rio de Janeiro adota uma política de linha dura na relação com os servidores municipais.

Um exemplo desta situação foi a votação do Plano de Cargos e Salários dos profissionais de educação. O Plano, que não atendia às demandas dos educadores, foi votado com a Câmara Municipal cercada e com muita bomba de gás atirada na direção dos servidores, que protestavam nas ruas do Centro do Rio.
Na greve dos garis, a prefeitura adotou uma postura de indiferença às reivindicações da categoria. Até hoje são registrados casos de demissões e assédio contra os profissionais que participaram da greve.

Compartilhar: