Mais uma vez a secretária municipal de Educação não recebe o SEPE

Compartilhar:

Já são 4 anos e meio à frente da Secretaria Municipal de Educação, mas apesar do tempo, a economista Claudia Costin  nunca recebeu o Sindicado dos Profissionais de Educação (SEPE).

foto

No último 22 de maio, durante o Ato Público do SEPE, finalmente a secretária municipal de educação do Rio, a economista Cláudia Costin se comprometeu a receber e a negociar com o sindicato que representa os profissionais de educação. A reunião foi agendada graças à intermediação dos vereadores Renato Cinco (PSOL) e Leonel Brizola Neto (PDT), mas apesar do acordado, a senhora Costin mais uma vez não participou do encontro.

Continuar lendo Mais uma vez a secretária municipal de Educação não recebe o SEPE

Compartilhar:

Informações sobre a Central Taiguara

Compartilhar:

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES421/2013

EMENTA:

REQUER À SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL ESCLARECIMENTOS SOBRE A CENTRAL DE RECEPÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES TAIGUARA

Autor(es): VEREADOR RENATO CINCO

Continuar lendo Informações sobre a Central Taiguara

Compartilhar:

A Primavera do Colégio Pedro II

Compartilhar:

wqr3213r

No dia 21 de maio, foi lançada, no auditório Mário Lago, a campanha do Professor Tarcísio Motta para Reitor do Colégio Pedro II, chamada de “A Primavera do CPII” pelo Vereador Renato Cinco. Em sua fala de apoio à candidatura, Cinco falou da importância do nome de Tarcísio para todos que lutam por uma sociedade livre, justa e igualitária, e que acreditam que a educação é fundamental para essa construção. Tarcísio Motta, Professor Doutor em História, tendo toda a sua formação acadêmica na Universidade Federal Fluminense (UFF), foi professor universitário, professor da Rede Municipal de Caxias, Diretor do SEPE Caxias, pautou sua trajetória na luta em defesa da educação pública, gratuita, de qualidade, laica e, como afirmou em seu discurso, emancipatória.

O lançamento de sua campanha foi marcado pela emoção, a candidatura agrega todos os setores do Colégio Pedro II, muitos movimentos sociais, sindicatos, partidos de esquerda e centrais sindicais. Respeitada pelos colegas e admirada pelos alunos, a candidatura não deixou dúvidas de que é representante inconteste para todos os lutadores e lutadoras que defendem a educação como questão central para a transformação da sociedade.

Compartilhar:

Em defesa da Educação Pública no Município

Compartilhar:

Nesta quarta-feira (22/05), o Vereador Renato Cinco esteve junto aos profissionais de educação na porta da Sede Administrativa da Prefeitura, onde ocorreu um representativo ato. Desta vez, o SEPE, Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, em ação conjunta com vereadores, um deles Renato Cinco, conseguiu arrancar a audiência com a Secretária Claudia Costin. Esta, que estava viajando, colocou seu chefe de gabinete para atender o Sindicato e os Vereadores, deixando agendada uma audiência para o dia 29 de maio. Essa audiência foi conquistada graças ao crescimento do movimento, refletido não apenas no ato, mas também no alto índice de profissionais paralisados. Ao que parece, a Rede Municipal do Rio de Janeiro chegou ao seu limite. Profissionais vivem situações extremas dentro das escolas com o excesso de trabalho, péssimas condições, turmas lotadas, muitas cobranças, assédios morais, ameaça de remoções, além de muitos trabalharem em áreas de risco.

No ato, em seu discurso, o Vereador Renato Cinco destacou o caráter privatizante da política educacional de Claudia Costin e Eduardo Paes, contribuindo para desmascarar a farsa do IDEB. Em detrimento dos livros didáticos e materiais qualitativos pedagógicos, são gastos milhões da verba pública com impressões de cartilhas mal feitas e matérias para os projetos de aceleração implementados por empresas privadas, como as fundações Roberto Marinho e Ayrton Senna. Renato tentou explicitar como o processo de privatização da educação e da saúde se dão com métodos diferenciados, ocorrendo não em um leilão, mas com desmonte do caráter público por dentro das estruturas.

O Vereador, em plenário, cobrou da Secretária a seriedade e o respeito que profissionais de educação merecem, pedindo que cumpra assim o seu compromisso de receber o SEPE no dia 29 de maio, às 11h. Falou ainda das mazelas da educação da cidade do Rio de Janeiro e leu as reivindicações entregues a ele pelo SEPE.

A próxima paralisação será no dia 11/06, como deliberado na assembleia da categoria no Clube Municipal. Uma média de 350 profissionais aprovou um índice emergencial de aumento a ser integrado à lista de reivindicações. Sem abandonar a luta histórica por um vencimento de cinco salários mínimos para professores e 3,5 para funcionários, o índice de 19% a partir dos cálculos do DIESE foi aprovado pela maioria.

Confira abaixo a fala de Renato Cinco

Continuar lendo Em defesa da Educação Pública no Município

Compartilhar:

Informações sobre a Comlurb

Compartilhar:

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES407/2013

EMENTA:

REQUER À COMPANHIA MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA – COMLURB INFORMAÇÕES ACERCA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO.

Autor(es): VEREADOR PAULO PINHEIRO, VEREADOR ELIOMAR COELHO, VEREADOR RENATO CINCO

Continuar lendo Informações sobre a Comlurb

Compartilhar:

No 22 de maio, paralisação da Rede Municipal de Educação

Compartilhar:

No dia 22 de maio, os profissionais da Rede Municipal de Ensino farão paralisação das atividades escolares por 24h. Realizarão no mesmo dia um ato na porta da sede administrativa da prefeitura, às 11h, e assembleia às 14h no Clube Municipal.

O mandato do vereador Renato Cinco apoia a luta mais que devida da categoria, que vive uma situação cada vez mais grave. A prefeitura tem se negado a receber o sindicato e as reivindicações da categoria. A educação vive a truculência de instaurar a qualquer preço projetos de iniciativa privada, como os ligados à Fundação Ayrton Senna, materiais da Cultura Inglesa entre outros. O SEPE denuncia que o município não utiliza os 25% do orçamento para a educação, como determina a Constituição brasileira, pois no cálculo não deve ser incluído o valor do FUNDEB. O modelo meritocrático nas escolas não enganam mais os profissionais, que, além de se sentirem massacrados, não vivenciaram uma melhora real, e sim uma maquiagem mal feita, visando o IDEB.

Continuar lendo No 22 de maio, paralisação da Rede Municipal de Educação

Compartilhar:

É lançado o segundo dossiê Megaeventos e violações de Direitos Humanos no Rio de Janeiro, com a surpresa do atentado à ABI

Compartilhar:

00091O dossiê preparado pelo Comitê Popular da Copa e Olimpíadas denuncia as inumeras violações de direitos humanos que vêm ocorrendo para viabilizar as obras “necessárias” para a realização dos megaeventos. São obras de infraestrutura e construção de equipamentos esportivos para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, que já causaram a remoção de 3 mil famílias na cidade e mais 7 mil estão ameaçadas.

O relatório das violações de direitos humanos divide-se em oito esferas ligadas ao interesse público: moradia, mobilidade, trabalho, esporte, meio ambiente, segurança pública, informação e participação, e orçamento e finanças.

Continuar lendo É lançado o segundo dossiê Megaeventos e violações de Direitos Humanos no Rio de Janeiro, com a surpresa do atentado à ABI

Compartilhar:

Entrevista com Gustavo Mehl, do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas

Compartilhar:

capa-dossie_thumbEsta entrevista com Gustavo Mehl foi realizada no dia 9 de maio, pelo Mandato Renato Cinco, quando a licitação do Maracanã foi finalizada. Logo em seguida, uma liminar, que ainda está em vigor, suspendeu processo até que ocorresse o julgamento da ação movida pelo Ministério Público.

Ontem, 15 de maio, o Comitê Popular lançou o dossiê Megaeventos e violações dos Direitos Humanos no Rio de Janeiro. Baixe o documento aqui.

Continuar lendo Entrevista com Gustavo Mehl, do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas

Compartilhar:

Informações sobre imóveis da prefeitura

Compartilhar:

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÕES390/2013

EMENTA:

REQUER INFORMAÇÕES AO ILMO. SR. PREFEITO EDUARDO PAES SOBRE OS IMÓVEIS PROVENIENTES DE HERANÇA VACANTE SOB DOMÍNIO DA FAZENDA PÚBLICA DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

Autor(es): VEREADOR RENATO CINCO

Continuar lendo Informações sobre imóveis da prefeitura

Compartilhar: